segunda-feira, 20 de junho de 2011

Falta de educação!

     Os amigos que visitam este blog  já perceberam que muito do que tenho postado, são referências ao meu passado.
     Mesmo os que não gostam muito de ler, veem fotos e videos que falam um pouco de mim.


     Recentemente enquanto auxiliava meus netos de 12 e 13 anos com suas lições escolares, folheando suas apostilas, percebi que o conteúdo das matérias não visam o conhecimento, mas única e exclusivamente prepará-los para o vestibular. As provas tem todo o formato dos vestibulares, sem contar o apelo gratuito político-ideológico nas entrelinhas dos textos;  copiados de matérias  retiradas de jornais e revistas.





     Deparei-me com um assunto da matéria de Geografia, na qual três fotos alinhadas são comparadas para que o aluno mostre o que há de comum entre elas: na primeira,  uma reunião de ruralistas no Congresso;  na  segunda,  um acampamento do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra);  e na terceira,  amotinados do PCC (Primeiro Comando da Capital) sobre o telhado de uma penitenciária.  A ênfase maior era dada aos oprimidos do PCC.  Dá para entender o que o professor chamou de interesse comum, entre os latifundiários  ruralistas, os excluídos sem terra e os delinquentes do PCC?

Fachada do Ginásio Olegário de Barros em Taubaté.
 Sem querer, voltei no tempo; ao antigo Ginásio Olegário de Barros em Taubaté; àqueles nobres  professores que  decentemente, vinham para as aulas de barba bem feita; de terno e gravata! Nosso Diretor - Professor Antenor Moassab e sua esposa -  eram  queridos por todos os alunos!  Nosso Ginásio tinha fanfarra;  estádio com todas as modalidades desportivas à nossa disposição para as aulas de Educação Física! 


     Por que falar do passado  novamente?  Porque as matérias que hoje  meus netos estudam, estão vivas em minha mente!  Quando pergunto a eles como são suas salas de aula, descubro porque eles tem dificuldade de se localizarem no Mundo!  Suas salas são vazias:  não têm um Mapa Mundi;  nem mesmo o mapa do Brasil, nas paredes; sequer têm uma Bandeira do Brasil;  Globo Terrestre, nunca viram!



     Eles só conhecem os Continentes graças ao jogo War!

     O logotipo da escola vem estampado em tudo:  desde o uniforme, aos menores materiais utilizados pelos alunos.  Merchandising nota 10!  Eles mal sabem que o animal que figura  no logo,  nada tem a ver com o Brasil; muito menos com o nome do Colégio:  uma desastrosa mistura de  Continentes:  Africano com Europeu.

    Nossos cadernos de antigamente, também traziam marketing nas capas:  Hino Nacional, Bandeira e o mapa do Brasil.

     Enquanto isso, nossos netos não sabem localizar no mapa de São Paulo, em que região nossa cidade se localiza!  Qual a economia do Município?  Seus limites?  A  utilidade do rio que corta a cidade?  Sua importância  para o Estado?  Evidentemente nada disso é importante;  não cai no vestibular!

     Recentemente, vi na televisão, um programa de competição entre alunos do ensino médio,  acompanhados de seus pais: verdadeiro festival de imbecilidades!  Em determinado momento, o apresentador perguntou a uma das participantes:  que país é conhecido como a terra do Sol nascente?  De três alternativas a aluna escolheu o Peru!

    Fico ainda mais triste, vendo meus netos voltarem da aula de Educação Física, brincando com saquinhos de areia  transformados em  malabares. Disseram que o professor é proibido de promover esportes competitivos entre os alunos. Pode causar depressão nos perdedores!

    Interessante mesmo, foi o que ouvi de minha nora - professora da rede pública de ensino -  "somos proibidos de corrigir provas  usando caneta na cor vermelha, porque pode provocar depressão e abalar a alta estima dos alunos".


     Encerrando, deixo aqui  ainda bem vivo em minha memória,  o que para o Ministro da Educação pode soar como um palavrão: "Brava gente brasileira! Longe vá temor servil... Ou ficar a Pátria livre. Ou morrer pelo Brasil!" Evaristo da Veiga.
    

Um comentário:

  1. Parabéns Old Eagle, a cada post seu, aumenta a admiração que tenho pelo homem forte, valoroso e de excepcional espírito crítico que você é!Orgulho-me por ser sua seguidora e tê-lo como meu seguidor.

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.