terça-feira, 30 de agosto de 2011

Homem também chora!

    Quando eu era criança lá pelos meus sete anos, crescendo no meio das minhas irmãs, aprendi uma lição que jamais esqueci:"homem não chora", dizia meu pai. Assim,  escondido, encolhido, apertando os joelhos no peito, curtia as lágrimas a escorrer sobre as feridas raladas da minha infância!


    Foi sob esse pensamento machista, que os homens da minha época foram educados.


    Até que numa tarde quente de verão, eu vi meu pai chorar. O céu, de repente escureceu e uma chuva de granizo destruiu o arrozal, que vergava pelo peso de seus cachos em ponto de colheita!


    Quase morri de pena dele! Confesso que também chorei!


    Hoje, vejo certos homens que não choram. Não porque foram educados assim, mas porque não conseguem se sensibilizar com a vulgarização da violência gratuita, noticiada por rostos jovens nos telejornais. Com o mesmo sorriso com que falam da vitória do vôlei feminino, revelam mais um caso de estupro, uma grávida que morreu na calçada do hospital, recém-nascidos mortos pelo descaso dos políticos...


    De uma coisa eu tenho certeza:  com o passar dos anos, a gente vai amolecendo; vai virando como se dizia antigamente -"um manteiga derretida"! Basta um forte abraço de uma criança, e lá vem uma lágrima. A gente chora de saudade do filho distante! Nem mesmo consegue matar a saudade na tela do computador, sem deixar uma lágrima sobre o teclado!


    Não me envergonho de dizer que me comovo ao ver nações conquistando a liberdade, vencendo a tirania, pondo abaixo ditaduras seculares num frenesi espetacular. Vibro com os vencedores empunhando as armas! Choro ao ver os corpos de inocentes estendidos nas ruas! 


    Quem suporta calado, vendo a cracolândia esquecida da Dilma - a África faminta morrendo à míngua - os turistas mortos no bondinho do Rio de Janeiro, enquanto os políticos fazem festas com o dinheiro do povo? Constroem estádios ao invés de hospitais e escolas!




    É vergonhoso assistir calado e impotente, os vexames dos políticos fugindo de repórteres do CQC pelos corredores do Congresso, enquanto delapidam nosso pobre País, sem nenhum constrangimento diante de evidente enriquecimento ilícito! Enquanto isso, o governo sufoca a lágrima do povo com o circo da Copa e Olimpíadas!


    Por tudo isso, acho que muitos homens se tornaram "cogumelos". Eu prefiro o "misterioso país das lágrimas"! todo homem trás dentro de si o menino que foi (Antoine de Saint-Exupéry). 



    
HOMEM NÃO CHORA-Rolando Boldrin. Ouçam este emocionante poema!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.