segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Por que sou ativista da amamentação?

    Sou filho de descendentes italianos; tenho seis irmãos!  Nossa mãe - camponesa esposa de lavrador - amamentou-nos todos a seu tempo, nos seios... Crescemos  - nutridos inicialmente - não   com seu leite, mas com células vivas de proteção transferidas de seu corpo saudável para nossos organismos! 



    Naquele tempo não existiam as vacinas disponíveis, dos dias atuais;  daí, tivemos todas as doenças da infância: sarampo, catapora, coqueluche... Passamos por todas;  sem dificuldades nem sequelas;  adquirimos anticorpos para toda a vida...  



     Sou ativista da amamentação, não só por esses argumentos, mas principalmente, pelos evidentes ganhos de "custo/benefício"  para a mãe e filho! 

    Segundo Pedro Planas - criador das Leis Planas de Desenvolvimento do Sistema Estomatognático - os movimentos de "mastigação": vai e vem da mandíbula - realizados pelo bebê no ato de "ordenha" para extrair o leite - além de desenvolver corretamente a respiração, concorre também para o crescimento harmonioso de todos os ossos da face, eliminando também a "distoclusão" - posicionamento retraído  da mandíbula em relação à arcada superior - inerente a todo recém nascido.  Quando a mamadeira toma o lugar dos seios, tudo o que a natureza colocou à disposição da  criança, é corrompido;  os desvios surgem em seguida: problemas oclusais; deficiência na fala; uso de chupetas - verdadeiras muletas deformadoras de arcadas dentárias - que se fossem necessárias, viriam como assessórios no pescoço do bebê ao  nascer!

    A amamentação concedida ao recém nascido pela mãe, não deve ser encarada como um sacrifício;  mas como um privilégio!

   Todos  os mamíferos saudáveis conhecidos no mundo, cumprem esse ritual maravilhoso de demonstração de obediência aos mais sagrados preceitos da natureza, que tornaram possível a sobrevivência da humanidade até os dias atuais!

    Não existe nenhum momento de generosidade mais significativo, que o tempo de amamentação dedicado a um semelhante da mesma espécie: humana, ou qualquer outra! 

    Assistimos frequentemente na natureza, cenas comoventes de filhotes de uma espécie animal - serem adotados por indivíduos de especie completamente diferente -  simplesmente, porque  atenderam  aos propósitos sagrados da natureza e ao clamor à sobrevivência!  

    Como então, nós seres humanos, mamíferos dotados de inteligência; espécie dominante no planeta; somos capazes de negar a oportunidade real de demonstração de afeto e desapego em benefício de nosso semelhante? 

    Sou pai de três filhos e avô de quatro netos:  todos amamentados por suas mães durante o primeiro ano de vida...Cresceram saudáveis; sem vícios; nenhum deles utilizou qualquer tipo de aparelhagem para corrigir seus dentes!


Minha esposa amamentando nosso primogênito.

      Você sabia que uma colher das de chá de leite materno, contém 3.000.000 milhões de células que protegem seu filho?  Então mãe, você não seria capaz de encontrar milhões de motivos para amamentar o seu filho? - Frase da funcionária de Enfermagem (berçário) Leila Reis Leite.

    "O aleitamento materno é como se fosse a água regando uma semente para dar bons frutos". Carolina S. de Oliveira.

2 comentários:

  1. Uau!! Adorei a sua participação!
    Ter filho não é só colocar no mundo. O ato de amar envolve toda uma gama de ações e se a mulher pode amamentar, por que não amamentar?
    A indústria da alimentação artificial caminha ao lado da insanidade do mundo moderno. Como bem escreveu Sonia Hirsch, a “saúde é subversiva porque não dá lucro a ninguém”.
    Obrigada por participar!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é quem agradeço pela oportunidade de participar desta campanha.
      E parabéns pela iniciativa!
      Pode contar com meu engajamento em campanhas semelhantes no futuro.
      bjs.

      Excluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.