sábado, 14 de setembro de 2013

Sangue no Mar Azul!

FERNANDO DE NORONHA - BRASIL.
    GOLFINHOS



    
   " Não é por nos festejar /
   Que os golfinhos de Fernando de Noronha / Nos assediam, como brincam /
   Neles tem o medo de que nós /
   Desejamos num relato de bordo / Seguir como conquistaram e se impuseram /
   Nossa nobreza falida /
   Eles temem por eles porque já sabem de nós /  E de nossa visão direcionada do arpão /
   E assim, um batalhão nos segue /
   Como quem quer que os desculpemos / E nos aportemos fora de suas famílias /
   Enquanto o mar não se findar /
   Já noutras terras / Aqui é o encanto deles / 
   A lua sorri pra eles e já são cativos /
   Também das estrelas / Que continuam pelas águas descobertas /
    E quem protege o coração contra o feitiço / Da liberdade de bater bem como quer /
    Esses peixinhos são por Deus também pessoas /
    E por isso lutam / A ver o mar entregue /
   Ali eles nasceram se amaram / Como gente comprometido /
   Com o amor de fazer tantos alaridos /
   Chega a noite e com a mesma visão líquida /
    Eles se aportam na calma do mesmo mar."
                                                                                Naeno Rocha
                                 

   EM QUE SÉCULO ESTAMOS VIVENDO?

   ATÉ QUANDO VAMOS CONVIVER COM ESTAS CENAS?

MATANÇA DE GOLFINHOS EM TAIJI - JAPÃO.
    ONDE ESTÃO OS "PROTETORES DOS OCEANOS", AS ONGs QUE DEFENDEM OS ANIMAIS?

ESTUPIDEZ!


     É NECESSÁRIO RETIRAR A VIDA DE ANIMAIS DÓCEIS E INDEFESOS PARA ALIMENTAR OS HUMANOS?



                     GOLFINHO PEDE AJUDA A MERGULHADOR PARA RETIRAR ANZOL E LINHA.

          PRECISAMOS TOMAR UMA ATITUDE PARA INTERROMPER ESSA BARBÁRIE!

    "Golfinhos são brincalhões, sensíveis, dóceis, inteligentes e sábios. Diferentes dos chamados humanos, na verdade desumanos que os maltratam e os matam impiedosamente". Amara Antara.

2 comentários:

  1. Boa noite, amigo!

    É uma cena comovente, uma barbárie contra animais tão dóceis. Até quando, meu Deus?
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Zélia. A insanidade do ser humano é tão grande, que mesmo depois de vários recados do Criador, com tsunamis e furacões ele ainda não entendeu. Abraço!

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.