quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Flertando Com o Perigo.

 

    Já faz quase um mês que entramos em 2014.  As festas, fogos e esperanças por um novo tempo já ficaram no passado, assim como a corrida de São Silvestre, os repetitivos shows bregas dos reis de papel e a expectativa de  acordar milionário no ano novo, acertando as seis dezenas da  mega-sena da virada!



    Ao visitar os blogs da minha lista, verifiquei que não estou sozinho e sem assunto.  Acho que muitos blogueiros estão de férias, viajando...Porém, a amiga Luma, em sua postagem "E se você ficasse milionário?" , me fez lembrar da mega-sena novamente.  Li os comentários publicados em seu artigo, e nenhum deles coincidia com a resposta que eu poderia postar!  Só de pensar no tamanho do prêmio, e as mudanças na vida da gente, dá um certo calafrio! A adrenalina provoca taquicardia e as mãos transpiram... Mesmo com  ínfimas possibilidades matemáticas de acertar sozinho as dezenas do jogo, um covarde sentimento de  repulsa e temor afasta o desejo de se tornar milionário.  As mudanças obrigatórias que o evento poderá  exigir na nossa vida, pensando bem, melhor mesmo é  apostar em prêmios despretensiosos, que não modifiquem radicalmente nossa rotina, nosso hábito!

    Enfim, aqui estamos novamente.  Que bom seria, se  ao virarmos a página do último dia de 2013, tudo de mal ocorrido no ano velho, não tivesse a chance de se repetir no ano novo!

A Perigosa Admiração pela Ditadura!
    Utopia! Mal entramos no ano novo e a farra com nosso dinheiro teve início em Portugal.

    E  pensar que vamos trabalhar mais quatro meses   para sustentar com espoliativos impostos, o apetite voraz de um governo central, que esbanja mal exemplo seja nas ações ou intenções - que não se cansa de fazer cortesia com chapéu alheio!

    "A desvantagem do capitalismo é a desigual distribuição das riquezas; a vantagem do socialismo é a igual distribuição das misérias". Winston Churchill.

2 comentários:

  1. Ah, mas você viu que o maior medo das pessoas era que com o dinheiro em mãos, pudessem perder suas vidas?
    Essa corrupção sem punição, deixou o cidadão brasileiro desacreditado das leis e os crimes repercutem em todas as esferas da sociedade.
    Ser milionário e estar no riste de um bandido? Quero não! :)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  2. Sim, Luma. Acho que há um sentimento de impotência do povo, comparado a um estado de guerra interna, que nos leva à insegurança e um medo de ascender a uma classe social mais abastada sempre ambicionada pelos bandidos! Também quer não! Beijo. Boa semana!

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.