segunda-feira, 12 de maio de 2014

Como os Lobos Mudam os Rios.



     A SEMANA DO MEIO AMBIENTE 2014 VEM AÍ!





     DO DIA 30 DE MAIO A 6 DE JUNHO, MUITOS EVENTOS RELACIONADOS ESTARÃO ACONTECENDO!



     Antecipando a esse importante acontecimento, uma postagem  no Blog Dose de Sustentabilidade,  da amiga Luciana Cantanhede, me surpreendeu pelo título: " Vídeo Sobre Como os Lobos Mudam os Rios".


     No vídeo abaixo é possível ver como uma pequena alteração na cadeia alimentar pode mudar drasticamente um ecossistema. Em 1918, num esforço para proteger as populações de alce, o diretor do Serviço de Parque ordenou a exterminação de pumas e de outros animais predatórios existentes no parque nacional de Yellowstone (para proteger as criações de gado e ovelhas).

     Os caçadores do Serviço de Parques seguiram então estas ordens e, por volta de 1926, haviam abatido 122 lobos e na década de 1940 eles já estavam quase completamente desaparecidos. 

     Na década de 1990, o governo federal reviu a sua posição em relação aos lobos e numa decisão controversa do U.S. Fish and Wildlife Service (organização com tarefa de proteção de espécies ameaçadas), foi decidida a reintrodução de lobos no parque que ocorreu entre 1995 e 1997 com reintrodução de 41 lobos, a maioria dos quais oriundos do Canadá.





Lobos? São muitos, mas tu podes ainda
A palavra na língua, aquietá-los.

 Mortos? O mundo, mas podes acordá-los
Sortilégio de vida, na palavra escrita.

        Lúcidos? São poucos, mas, se farão milhares
   Se à lucidez dos poucos, te juntares.

             Raros? Teus preclaros amigos, e tu mesmo, raro
             Se nas coisas que digo, acreditares. Hilda Hilst.


        "Existem noites em que os lobos ficam em silêncio, e apenas a lua uiva". George Carlin.

                        As imagens publicadas nesta pstagem, são daqui.

4 comentários:

  1. Oi, Vitório!
    Inimaginável para mim, por serem os lobos predadores. Precisamos repensar o nosso ecossistema e refletir mais em nossas ações.
    Incrível foi constatar nos comentários do youtube, como as pessoas se negam a enxergar e procuram por argumentos "viajantes" para destruir um trabalho realizado com seriedade. Ainda bem que lá também estão pessoas mais esclarecidas que se indignam com a ignorância alheia. Vale a pena ler os comentários.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  2. Oi Luma!
    Quando eu vi o vídeo, iniciando com os lobos uivando, não tive dúvidas em fazer esta postagem. É magnífico, o reconhecimento pelo trabalho dos lobos no ecossistema do qual fazemos parte! Todos nós temos muito de lobos em nosso DNA, acredite! Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Vitório, quando vi o título do vídeo também fiquei curiosa para entender como um lobo pode afetar a existência de rios, e o narrador soube explicar muito bem, pena que algumas pessoas não admitem. Vale ressaltar que essa afirmação foi baseada em estudo científico realizados durante anos para comprovar essa afirmação e se discute muito em fóruns mundiais a preservação de predadores de topo de cadeia. Aqui no Brasil nosso problema é com a onça pintada que sofre com a caça e perda de habitat.
    http://www.brasil.gov.br/meio-ambiente/2013/11/publicacao-destaca-risco-de-extincao-da-onca-pintada
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi Luciana!
    Realmente, a extinção de animais do topo da cadeia alimentar, no caso, a onça pintada, provoca um desequilíbrio devastador no Bioma. Creio que os responsáveis por esse dano, não serão alertados nem punidos sem leis severas e fiscalização enérgica das autoridades. Essa reportagem alerta sobre o fim da onça pintada! . Abraços.

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.