quarta-feira, 24 de julho de 2013

Atletas Olímpicos x Lixo!



    Estamos a pouco mais de 2 anos da realização de um dos maiores acontecimentos que os habitantes de nosso planeta vêm promovendo há muitos anos: OS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS , que em 2016, deverão ser realizados no mês de Agosto no Rio de Janeiro.





    O que poderia nos encher de orgulho  por ter sido nosso país escolhido para sediar esses magníficos  eventos, contrasta com uma notícia muito triste, e ao mesmo tempo vergonhosa, que poderá obrigar o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) a encarar essa lamentável realidade:  "Atletas terão que competir em meio ao lixo na Baía de Guanabara durante a Olimpíada".  Esse é o título do texto que o blog SOS Rios do Brasil acabou de publicar e do qual , infelizmente, transcrevo alguns trechos:

Retratos do descaso - crédito: Rodrigo Thomé.
    "Tempo esgotado. Basta mergulhar nas águas turvas e ver o lixo espalhado pelo fundo do mar para constatar que será impossível entregar a Baía de Guanabara limpa até a Olimpíada.

    Mergulhar nas águas escuras da Baía de Guanabara dá medo, não há vergonha em admitir. A 6 metros de profundidade, bem em frente à mureta onde os clientes do Bar Urca bebem sua cervejinha, o silêncio só é cortado pelo som das bolhas da própria expiração e pelos murmúrios que denotam o nojo de tocar no fundo.  O cenário iluminado por um refletor é apocalíptico; colinas de lama marrom, densa e gosmenta, se estendem em um relevo contínuo a perder de vista.  Trata-se de matéria orgânica em putrefação, proveniente do contínuo despejo de lixo e esgoto nas águas. Sobre os morrinhos, está disposta toda sorte de objetos.  Tênis, jarras, pneus, embalagens de plástico e de alumínio, preservativos, pincéis, tapetes, roupas, correntes e brinquedos, tudo facilmente identificável...



     ...Na triste realidade da Guanabara, as estatísticas comprovam o que o olfato dos cariocas percebe de longe.  Dois terços dos dejetos produzidos por mais de 10 milhões de pessoas são despejados ali senenhum tratamento.  Como resultado, as 53 praias em seu perímetro são impróprias para o banho devido aos elevados índices de coliformes fecais.  Em um dos pontos mais críticos, próximo à ilha do Governador, 70% das amostras coletadas no último ano indicavam uma quantidade de fezes quase cinco vezes maior que a aceitável...Além do inegável impacto ambiental,  destroços e objetos flutuando na baía são particularmente perigosos para velejadores. 'Com o barco a 50 quilômetros por hora, um pedaço de madeira pode provocar grave acidente'afirma o iatista Ricardo Winicki, que participou de quatro olimpíadas.  'Jamais vi um local de competição poluído como aqui.  Na Europa e nos Estados Unidos, as águas são tão translúcidas que é possível enxergar até o fundo', compara... 


  
     ...É bem possível que, até a realização dos Jogos, a operação implantada de afogadilho consiga melhorar a situação periclitante de hoje.  No entanto, a abordagem cosmética apenas reforça a frustração de deixar passar mais uma excelente oportunidade de atacar o problema, que é a falta  de saneamento básico no Grande Rio, pela raiz..." (Mais informações).


video


                         Despoluição demora, e atletas velejam em meio ao lixo na Guanabara.
                                                                

      O assunto em questão não diz respeito apenas ao Rio de Janeiro,  mas a todo o país,  que enfrenta,  diariamente,  o descaso dos órgão governamentais encarregados de produzir e fazer cumprir leis ambientais que, acima de tudo, crie programas com a finalidade de educar o povo para uma convivência respeitosa e inteligente, em seu meio ambiente! 

    "O nível da poluição ambiental no planeta é igualada a burrice dos homens". Edy Gahr.

     As imagens publicadas nesta postagem foram obtidas Aqui.

17 comentários:

  1. Uma realidade muito triste.
    Só não entendo, como os organizadores permitem um evento nessas condições. Eles fiscalizam antes.
    Nossa, dá até tristeza ver essa imagem do lixo na Baia de Guanabara.
    Um lindo dia! Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Lucinha, vamos torcer para que alguém de boa vontade faça alguma coisa, mesmo que para a Olimpíada não dê tempo, mas cuide dessa vergonha a que chegou a Baía! Não dá pra viver na cidade maravilhosa com o cheiro de esgoto por toda parte! Isso quando um boeiro não explode! Tristeza!

    ResponderExcluir
  3. Venho retribuir a sua amável visita ao meu humilde cantinho. Adorei o seu blog, um espaço de qualidade e de extremo bom gosto, irei acompanhar com imenso prazer.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  4. Obrigado, Maria! Será sempre um prazer contar com sua visita! Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Hola Vitor, es muy triste que lugares maravillosos sean devorados por la basura y la suciedad. Espero que más pronto que tarde se le ponga remedio. Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Lola!
      Creo que es demasiado tarde, pero tiene otras zonas donde la evidencia que se realiza.
      Abrazos!

      Excluir
    2. Hola, Lola!
      Creo que es demasiado tarde, pero tiene otras zonas donde la evidencia que se realiza.
      Abrazos!

      Excluir
  6. Meu caro Vitor fiquei sabendo pelos noticiários, algo vergonhoso e triste, mostra a incompetência dos gestores, a faltA de consciência da sociedade que não sabe viver em grupo ainda. Tiveram cinco anos para fazer alguma coisa e não fizeram nada. Já pensou um surto virótico nas Olimpíadas no Rio ? Estamos perdendo nosso mundo para nós mesmos. Um post necessário.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É com muita tristeza, que somos obrigados a divulgar essas notícias, Jair!
      O Rio de Janeiro não merece isso!
      Abraços.

      Excluir
    2. É com muita tristeza, que somos obrigados a divulgar essas notícias, Jair!
      O Rio de Janeiro não merece isso!
      Abraços.

      Excluir
  7. Interesante post para concienciar a todas las personas de la importancia de cuidar el medio ambiente, aún que por lo que veo en está bahía ya es tarde y es una pena que se encuentre en ese lamentable estado gracias a personas con una dejadez tremenda, y que por culpa de ellas otras tienen que convivir con ello.
    Besos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hola, Ross!
      Esto demuestra que no tenemos competencia para organizar un evento de tal importancia.
      Es como tener una visita digna, una pocilga.
      Besos!

      Excluir
  8. Oi, Vitor, mas que coisa mais HORROROSA!!! QUE PAVOR! TRÁGICO, VERGONHOSO para o Brasil.
    Vi o vídeo, sem explicação isso. Muito boa sua postagem, mostra a realidade pura. Imagina você como está nossa saúde e segurança vista por dentro...
    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tais!
      Não se sabe se o perigo está nas ruas, favelas ou no mar!
      Beijos!

      Excluir
  9. É problemático! Obra de saneamento é invisível, não atrai votos. Vamos esperar que a visibilidade promovida pela Olimpíada possa encaminhar e apressar soluções para essa questão vergonhosa. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se antes do evento nada foi feito, creio que depois, muito menos, João Antonio!
      Abraços.

      Excluir
  10. Olá, Vitor.
    Transformaram nossa querida Baía da Guanabara numa lixeira. Mas já é problema de décadas, já há mais de trinta anos, quando eu era estudante, já era luta de cientistas, mas calado pelas ditas autoridades, a quem, como em tudo e em todo o resto do mundo, é mais fácil esconder o lixo e os problemas embaixo do tapete.
    Será possível agora, recuperar semelhante? Não. No máximo e, na melhor das hipóteses serão feitas algumas operações de fachada para iludir os olhos e calar as vozes.
    abç amg

    ResponderExcluir

Seu comentário é o que torna especial esta postagem. Enriquece sobremaneira o conteúdo!
Lembrando Saint Éxupery:"Aqueles que passam por nós, não vão sós. Não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".
Obrigado pela visita!
Abraços!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. AVISO LEGAL Todos os direitos reservados. Esta coletânea de textos e imagens são propriedades do autor e estão protegidos por direitos de propriedade intelectual, que não podem ser utilizados em qualquer meio ou formato sem a autorização do autor. Vitorio Nani - 12/06/2010.